A POBREZA 

Oração inicial: Vinde Espírito Santo.

Dizia-se pobre o rei Davi… bem que na verdade fosse rico, porque não tinha nas riquezas a sua vontade e assim era como se na realidade fosse pobre. Mas fosse ele realmente pobre, e a vontade o não fora, não seria verdadeiramente pobre; pois a alma estaria rica e cheia no apetite. 

Por isso chamamos a esta desnudez noite para a alma, porque não tratamos aqui da carência das coisas, porque isso não despe a alma, se delas tem apetite; senão da desnudez do gosto e apetite delas, pois é o que deixa a alma livre e vazia delas, mesmo que as tenha…» (S I, III, 4).

ORAÇÃO FINAL:

Senhor, que inspirastes a S. João da Cruz, nosso pai, um extraordinário amor da Cruz e uma perfeita abnegação de si mesmo, concedei-nos a graça que vos pedimos… e que, imitando o seu exemplo, cheguemos à contemplação eterna da Vossa glória. PNSJC.

– Nosso Pai, S. João da Cruz, Rogai por nós

Pai Nosso, Ave-Maria e Glória.