O SILÊNCIO, A PAZ 

Oração inicial: Vinde Espírito Santo

Veja aquele saber infinito, aquele segredo escondido! Que paz, que amor, que silêncio não está naquele peito divino, que ciência tão elevada a que Deus ali ensina» (PA, D138*/PA 60**).

«Em todas as coisas, pois, por adversas que sejam, nos devemos alegrar em vez de perturbar, para não perder o bem maior que toda a prosperidade, isto é, a tranquilidade de ânimo e paz em todas as coisas adversas ou prósperas, levando a todas de igual maneira» (SIII, VI, 4), 

«Pondo todo o cuidado em coisa mais alta que é buscar o reino de Deus isto é, em não faltar a Deus, porque o demais, como Sua Majestade disse, nos será dado por acréscimo, pois não se há-de esquecer de nós Aquele que cuida dos animais. Com isto se adquirirá silêncio e paz» (2ª Cautela contra o mundo).

ORAÇÃO 

Senhor, que inspirastes a S. João da Cruz, nosso pai, um extraordinário amor da Cruz e uma perfeita abnegação de si mesmo, concedei-nos a graça que vos pedimos… e que, imitando o seu exemplo, cheguemos à contemplação eterna da Vossa glória. PNSJC.

– Nosso Pai, S. João da Cruz, Rogai por nós.

Pai Nosso, Ave-Maria e Glória.