MT.25

Por Frei Patrício Sciadini, OCD.

Celebrar o dia dos mortos não é celebrar a Vitória da morte mas a sua derrota.

É cantar com a Igreja
morte onde está a sua vitória?
morte você foi derrotada para sempre com a ressurreição de Jesus.

Neste dia, visitando os cemitérios recordamos três coisas:

  • A vida é dom de DEUS que nunca acaba com a morte, se deixa uma maneira de viver limitada, pobre para entrar na VIDA plena que é eterna. Não se pode entrar na vida nova sem passar pela porta da morte
  • Celebramos a festa da memória, da saudade, da lembrança afetuosa daqueles que partiram antes de nós com os quais vivemos ou fazem parte da nossa história pessoal, familiar, social ou da fé. É a lembrança de alegria e de dor, de esperança que nos reencontraremos juntos no reino de DEUS.
  • É pensar no PARAÍSO, lugar onde não haverá nem lágrimas nem tristeza, onde contemplaremos FACE A FACE a face de DEUS.
    É caminhar com alegria até este lugar que JESUS preparou para nós.

A morte dá medo?
Sim, porque é imprevisível, rompe a nossa experiência no hoje terreno. A única maneira para vencer o medo da morte é fazer o bem, a nossa alegria de viver é que amemos JESUS nos sofredores, nos sem teto e sem AMOR.

Olhar a morte nos olhos
é ver para além da morte, a vida
a luz
a paz

ORAÇÃO: MARIA, mãe da Vida, que passastes através da morte e agora em corpo e alma nos esperas no PARAÍSO, doa-nos a alegria da segurança da tua ajuda. AGORA E NA HORA DA NOSSA MORTE. Amém.