Teresa de Los Andes, uma jovem Padroeira dos jovens!

Resultado de imagem para Teresa de Los andes

Hoje comemoramos o dia de Santa Teresa de Jesus de Los Andes. Santa chilena, carmelita, jovem padroeira dos jovens da América Latina.

Nasceu em 13 de julho de 1900, em uma família aristocrática,filha de Miguel Fernández  Jaraquemada e de Lucia Solar Amstrong

Em seu batismo recebeu o nome de  Juana Enriqueta Josefina de Los Sagrados Corazones. Teve como irmãos Lucia, Miguel, Luis, Juana (que morreu poucas horas após o nascimento),Rebeca e Ignacio.

54c46ea64348813a75952ec8ca55b127
Juanita com quatro anos e meio

 Um relato do Padre Fernando Castel, que participou de missões na fazenda  Chacabuco, pertencente ao seu avô materno, resume bem a sua infância:

“Por volta do ano 1904 ou 1905, conheci a menina Juana Fernández Solar, quando tinha mais ou menos quatro anos. Logo me chamou a atenção a precocidade do seu espírito, admirando eu como raciocinava sobre as coisas divinas e como manifestava, já nessa idade tão tenra, amor  e culto para com elas. Confesso que então compreendi como pôde à Santíssima Virgem, aos quatro anos somente, consagrar-se a Deus no Templo”.disse o sacerdote.

Juana Fernández Solar foi educada no Colégio do Sagrado Coração preparou-se sucessivamente para a Confissão, Crisma e  e  Primeira Comunhão. Receber a Sagrada Eucaristia marcou a fundo a vida de Juanita:

“Não é possível descrever o que se passou em minha alma ao receber Jesus.  Pedi-lhe mil vezes que me levasse, e ouvi sua voz  querida pela primeira vez. Desde que fiz minha Primeira Comunhão, Nosso Senhor me falava depois de eu comungar”. afirmava a religiosa carmelita.

 

Santa Teresa de Los Andes comunhão
No dia de sua Primeira Comunhão

Desde de sua primeira comunhão esmerava-se em buscar as coisas divinas e em praticar a caridade para com o próximo. Tinha grande devoção a Nossa Senhora:

“Todos os dias comungava e falava com Jesus longamente. Mas minha devoção especial era à Virgem; contava-lhe tudo“. – dizia a carmelita Juanita.

Como fruto dessa devoção, de que já dava mostras desde a mais tenra idade, aos sete anos aprende a rezar o Rosário e promete rezá-lo todos os dias. Promessa que cumpriu fielmente até a  morte. No colégio se empenhou em difundir a devoção à Nossa Senhora e se tornou religiosa na ordem especialmente dedicada à Santíssima Virgem. Sua alegria e sua união à Mãe de Deus chegam ao auge poucos meses antes da morte, ao descobrir entre os livros do convento o “Tratado da verdadeira devoção à Santíssima Virgem”, de São Luis Maria Grignion de Monfort, o grande doutor marial. Ler o “Tratado” e consagrar-se Àquela que tanto amava foi uma só coisa. Sua devoção era contagiante e servia de exemplo a outras pessoas que conviviam com ela.

Santa Teresa de Los Andes (foto com um grupo de amigos)
A primeira, sentada da esquerda para direita, em uma fotos com amigos, em sua adolescência

Alegre, transmitia alegria aos que com ela conviviam. Para ela ” Deus é Alegria Infinita”

Aos 15 anos fez um voto particular de virgindade.

Durante sua adolescência padeceu de inúmeras enfermidades, que a deixaram muito debilitada, mas a ajudaram a descobrir sua vocação religiosa. No dia 11 de janeiro de 1919, ingressou no Mosteiro Carmelita de Los Andes, no Chile, para um período de experiência.

No dia 3 de abril do mesmo ano escreveu a seu pai, pedindo-lhe permissão para se tornar Carmelita. Vestiu o hábito no dia 14 de outubro, quando recebeu o nome de Teresa de Jesus. Desde então entregou-se intensamente à sua vocação.

“No Carmelo é a Santa mais jovem, com menos tempo de vida na clausura, uma jovem comprometida com Deus e com os outros, uma jovem que escutou a voz do Senhor e soube colocá-la em prática abandonando uma vida confortável, um afeto familiar, e uma “roda de amigas e amigos”, que a amavam de verdade”.                           (Frei Patrício Sciadini OCD)

Durante sua vida no convento dedicou-se ao serviço de suas irmãs de comunidade, que afirmaram: “Teresinha sempre quis ser a última em tudo”. Começa a escrever cartas cheias de amor a Deus e com o sincero desejo de fazer bem aos seus destinários. Vive mergulhada em Deus, “seu centro e morada”, desejosa de ser “corredentora do mundo”através da “Oração, trabalho e alegre vida fraterna”.

Sua saúde foi pouco a pouco deteriorando-se e, sem que ninguém tomasse conhecimento, começou a sofrer uma estranha enfermidade, que hoje sabe-se ter sido tifo.

Nos começos de março de 1920, afirma que morrerá em breve. Escreve:

“Para uma carmelita a morte nada tem de terrível, pois assim vai-se viver a verdadeira vida e cair-se nos braços daquilo que se amou aqui na terra sobre todas as coisas. Com a morte, mergulha-se eternamente no amor”.

No dia 2 de abril, quinta-feira santa, fica gravemente enferma. No dia 6 faz sua profissão religiosa. Falece santamente no dia 12 de abril, às 19:15 horas. Contava 19 anos e nove meses de vida e apenas onze meses como Carmelita.

O Pe. Julián Cea, C.F.M, que a conheceu, afirmou: “Não tardará a fazer milagres”. O religioso não se enganou. Desde então, muitas graças e favores tem-se obtido através de sua intercessão.

Bem depressa a Comunidade descobriu nela a passagem de Deus na sua própria história. No estilo de vida carmelitano-teresiano, a jovem encontrou plenamente o espaço por onde derramar, com a maior eficácia, a torrente de vida que ela queria oferecer à Igreja de Cristo. Era o mesmo estilo de vida que, a seu modo, vivera na família e a que se sentia chamada. A Ordem da Virgem Maria do Monte Carmelo culminou os desejos de Juanita ao comprovar que a Mãe de Deus, a quem amou desde pequena, a tinha atraído para pertencer-lhe.

Foi beatificada em Santiago do Chile por Sua Santidade o Papa João Paulo II, no dia 3 de Abril de 1987.  Sua canonização ocorreu no Vaticano em 21 de março de 1993, também pelo Santo Papa João Paulo II.

Os seus restos são venerados no Santuário de Auco-Rinconada dos Andes por milhares de peregrinos que buscam e encontram nela a consolação, a luz, e o caminho reto para Deus.

WP_20160924_16_50_34_Pro  WP_20160924_16_37_23_Pro

Santa Teresa de Jesus dos Andes  é a primeira Santa chilena, a primeira Santa carmelita descalça de além fronteiras da Europa e a quarta Santa Teresa do Carmelo, depois das Santas Teresas de Avila, de Florença e de Lisieux.

A essência de sua espiritualidade: que estejamos dispostos a deixar tudo para seguir Jesus Cristo; que nossos maiores amores sejam Jesus e Maria; que nossa família não seja obstáculo, mas um meio para seguirmos Jesus; que amemos com toda a alma a Ordem do Carmo.

Sua Oração

Deus misericordioso, alegria dos santos, que inflamaste o coração jovem de Santa Teresa com o fogo do amor virginal a Cristo e a sua Igreja e  fizeste de sua vida um testemunho alegre do amor,  mesmo em meio a tantos sofrimentos, concede-nos por sua intercessão que, inundados da docilidade de teu espírito, proclamemos no mundo, por palavras e obras, o Evangelho do Amor. Amém.

Juanita,  os jovens latino americano, hoje mais que nunca precisam de tua proteção. Intercede por eles  que sofrem em uma sociedade onde o desamor, a tristeza e a falta de compaixão prevalecem. Intercede por eles para que possam também conhecer e reconhecer este Deus Alegria Infinita.

* Em setembro de 2016, ocorreu o III CICLA SUR  OCDS, no Chile, junto ao Centro de Espiritualidade em Rinconada, próximo ao Santuário de Teresa de Los Andes. Em uma das atividades que ocorreram durante este encontro, foi realizada uma oficina, onde senhoras das comunidades OCDS do Chile interpretaram diversas fases da vida de “Teresita” e ao término da oficina cantaram o hino composta para ela. Foi um momento de muita emoção e de integração entre as diversas comunidades OCDS latino americanas ali presentes.. O vídeo abaixo mostra  parte deste momento.

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s